Tipos de Transporte de Cargas

Primordialmente, as opções de modais de transporte de carga mais usados no Brasil são o hidroviário e o rodoviário.

Sendo que, conforme a Associação Brasileira dos Caminhoneiros, a porcentagem de utilização do transporte rodoviário de carga, no Brasil, em 2021, chegou a 61% do total de produtos transportados.

Só para dar um exemplo, no que diz respeito à tradição histórica do transporte de mercadorias via rodovias, no país, segundo reportagem do Estadão, publicada no início de 2021, de 1969 a 2008 o crescimento das rodovias no Brasil foi de 180%, contra 14,5% das ferrovias.

Neste sentido, destacamos dois dados ilustrativos sobre a condição da malha rodoviária brasileira, segundo o Anuário CNT do Transporte, de 2021:

– Extensão de rodovias no Brasil: 1.720.700 km;

– Percentual de rodovias pavimentadas: somente 12,40%.

Essa combinação de características representa perigo aos motoristas, à integridade da carga, vulnerabilidade quanto a roubos e atrasos na entrega, sem falar em prejuízos mecânicos e gastos adicionais com combustível.

Situação atual do transporte rodoviário de cargas

Apesar de ser considerado serviço essencial, o transporte rodoviário de carga na logística entre indústria e comércio sentiu o impacto do fechamento de grande parte do varejo, devido à pandemia de Covid-19. Entretanto, a fase crítica foi superada e a realidade atual consiste em retomada completa do crescimento.

Sendo assim, retornam os tradicionais desafios que impactam a atividade de transporte rodoviário de cargas, tais como:

– Condições das estradas, apesar da retomada de investimentos em infraestrutura, a negligência de períodos anteriores levou a uma grande carência em quantidade e qualidade de pavimentação, segurança e sinalização das vias, colocando em risco a vida dos motoristas e propiciando maior roubo de cargas, o que aumenta o custo operacional;

– Circulação em centros urbanos, leis que restringem a circulação de veículos pesados exigem planejamentos mais criteriosos por parte das transportadoras que precisam calcular custos adicionais com aquisição de veículos utilitários, desvios de rota, maior consumo de combustível e entregas noturnas.

De qualquer forma, considerando o foco nacional em utilizar o modal rodoviário, é interessante entender que existe um tipo de veículo adequado a cada categoria de carga transportada.

Vejamos a seguir os tipos de transporte rodoviário de carga

Transporte de Carga Geral, inclui todos os produtos que não precisam de veículo especial ou procedimentos diferenciados na entrega e armazenagem.

Transporte de Encomendas, no qual é imprescindível o monitoramento da carga em tempo real, com o objetivo de melhor atender ao consumidor final.

Transporte de Mudanças, atende a pessoas ou empresas que necessitam transferir seus pertences de um imóvel para outro.

Transporte de Cargas Perigosas, consiste na logística para produtos tóxicos, explosivos, gases, radioativos, líquidos inflamáveis ou qualquer outro material que apresente risco ao meio ambiente ou saúde dos envolvidos, para o qual o Código de Trânsito Brasileiro apresenta normas rigorosas com objetivo de obter maior segurança.

Transporte de Cargas Frigoríficas, que é o deslocamento de perecíveis, congelados e medicamentos, para os quais é necessário adaptação da estrutura interna do veículo com objetivo de manter condições favoráveis de temperatura, umidade e ventilação. Sendo necessário garantir a refrigeração correta e a higienização em todo processo de logística.

Transporte de Cargas de Grande Porte, atende a cargas cujas dimensões ultrapassam os limites definidos pelo CTB. Sendo chamadas de cargas indivisíveis ou excepcionais. Este tipo de transporte conta com uma série de protocolos de segurança que devem ser rigorosamente seguidos.

Fatores que precisam ser especialmente planejados no transporte de cargas de grande porte:

– Horário mais adequado para circulação;

– Definir melhor percurso;

– Atenção a procedimentos de segurança durante o trajeto;

– Solicitar escolta;

– Providenciar sinalização;

– Cuidados com o descarregamento da carga.

Transporte de Produtos Farmacêuticos, é recomendável manter um relacionamento próximo ao cliente com objetivo de garantir a eficácia do transporte do embarque ao desembarque dos produtos.

O deslocamento de cosméticos, saneantes, medicamentos, produtos de higiene e similares requer autorização federal. Ou seja, as transportadoras precisam ter o Certificado AFE (Autorização de Funcionamento). Caso os produtos transportados contenham substâncias sujeitas ao controle especial, a transportadora precisa também obter a Autorização de Funcionamento Especial (AE).

O Transporte de Produtos Farmacêuticos é realizado também pela Vitlog. Atendendo fortemente hoje com captação em Goiânia e Aparecida de Goiânia e distribuição no Norte do Brasil.

Transporte de Carga Completa, Fechada, ou Lotação, consiste no transporte de mercadorias que não podem ser levadas com outros tipos de produtos. Significa que toda capacidade de carga de um veículo é ocupada com apenas um cliente, e a entrega ocorre diretamente para um destino.

Vantagens do Transporte de Carga Lotação:

– Processos de logística mais rápido comparado à Carga Fracionada, que veremos a seguir, pois a burocracia fica reduzida;

– Muito úteis para entregas urgentes, clientes que precisam de situações específicas, ou produtos que precisam de equipamentos especiais para carga e descarga.

Transporte de Cargas Fracionadas, possibilita que o compartimento de carga do caminhão seja ocupado com produtos de mais de uma empresa. Ou seja, ocorre o agrupamento de carga de vários tipos e remetentes para diversos destinos, em um mesmo carregamento. Trata-se de um serviço que exige mais eficácia e planejamento da transportadora, responsável por todo processo de coleta e entrega dos produtos.

Vantagens do Transporte de Cargas Fracionadas:

– Preços mais competitivos do frete, graças ao compartilhamento de espaço e, assim, de custo de transporte;

– Integridade da carga, graças ao planejamento adequado que faz a conciliação entre produtos compatíveis e organização durante o carregamento e descarregamento, conforme categoria e destino;

– Agilidade nas entregas, também graças ao planejamento bem elaborado, que possibilita uma ordem de acondicionamento compatível com a ordem de entrega no decorrer do percurso;

– Rigoroso controle sobre a carga, resultado da utilização de tecnologias que facilitam o acondicionamento e distribuição dos produtos.

Como escolher o melhor tipo de frete para seus produtos?

1. Analisar as características da carga a ser transportada;

2. Ponderar sobre as variáveis prazo, custo e distância, além de flexibilidade, eficiência e agilidade;

3. Conferir a cobertura geográfica da transportadora;

4. Avaliar a pontualidade e qualidade no embarque e desembarque;

5. Considerar o custo-benefício dos serviços prestados pela transportadora.

Confira alguns dados sobre a Vitlog Transportes e nossa área de Captação e Distribuição está no mapa abaixo:

+ de 350 mil entregas por ano;

Presente nos principais polos do país;

+ de 35 mil toneladas transportadas por ano;

Otimização de tempo e custo em suas operações logísticas;

Sistema que permite acompanhamento da carga em tempo real;

Possui projetos que unem premiadas ações ambientais, sociais e educacionais.

Concluindo, este artigo trouxe dados sobre a importância do transporte rodoviário de cargas no Brasil, a situação da malha rodoviária brasileira, os tipos de transporte de carga rodoviária, e como escolher o melhor tipo de frete.

Clique aqui para solicitar uma Cotação Online Vitlog.

Achou relevante o nosso conteúdo? Fique a vontade para compartilhar.

Em breve teremos novas informações.

Leia mais notícias

Acessa o formulário para rastreamento de cargas Rastreamento

Rastrear com senha (SSW)

Não possuo senha

Formulário para realizar cotação online Cotação Online

Preencha o formulário de cotação

R$
Kg

PARA MERCADORIAS COM CUBAGEM

cm
cm
cm
cm
cm
cm
cm
cm
cm

Observação: A Vitlog transportes trabalha apenas com empresas com CNPJ, o prazo de retorno do pedido de cotação pode levar até 4h em horário comercial.